Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

domingo, 3 de outubro de 2010

Era uma vez...III


Acontecem casos diferentes ao longo da nossa jornada. Uns amores correspondidos, uns amores iludidos, uns que nem levamos a sério e uns que valem a pena até sofrer. Assim como eu me apaixonei por alguém que andava do meu lado, aconteceu o inverso. Depois que se quebra a cara, a gente dá valor as oportunidades. E se dá conta das oportunidades perdidas. Devia ter te dado valor quando me foi dada a chance. Devia ter percebido o amor que me tinha. Devia ter notado os pequenos atos. Devia ter retribuído a proteção. Devia ter aproveitado cada bom momento. Devia. O nome disso é arrependimento. Foi no passado. Hoje, quem gostava de mim tem um alguém que retribui. Alguém que deu uma chance. Alguém que o ama, alguém que o faz feliz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário