Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012


Eu gosto de você.



Meu bem, gosto de você e gosto de gostar de você.
Do teu jeito doce.
Do teu jeito de se aborrecer comigo.
Gosto do teu beijo, do teu corpo.
Gosto do teu cheiro.
Gosto do jeito que me faz carinho.
Gosto de saber que é recíproco.
Mas só gostar não é suficiente.
Eu tô meio confusa. E com medo também.
Medo de não te amar e ao mesmo tempo medo de te amar demais.
Eu quero tá contigo e ter certeza, sabe? 

Ter toda a certeza do mundo que é contigo que eu quero estar.

(Dos rascunhos de novembro/2012)


terça-feira, 25 de dezembro de 2012




Antes eu diria: não me importa a opinião dos outros, 
agora, depois de você, tudo me enfraquece 
e o pior que tudo sai da tua boca.
não quero ser dependente de maneira nenhuma.
Faz o que tu quiser, vive a tua vida. 
Não me liga nos próximos dias.
Só eu tô vendo o quanto que a gente briga?
- Tira férias de mim.



sábado, 13 de outubro de 2012




Queria mais do teu cheiro na minha cama e na fronha do travesseiro.



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012




Euficosonhandoeesperandoumsinalzinhoteuacadainstante, mastudoficacadavezmaisdistante.






24 horas desde a última vez que te vi.





3 dias.


terça-feira, 9 de outubro de 2012




Querido diário, 

Os dias estão passando devagar, mas eu aceitando cada segundo. É bem verdade que eu estraguei tudo, é bem verdade que não sou só eu que sofro. Espero que estejam certos quando dizem por aí que vai passar. Eu, sinceramente, já não me importo comigo. Folheei você e encontrei um trecho que pode resumir um pouco-tudo: 
"Não sei o que estão reservando pra mim, mas queria muito que você tivesse um cantinho nele, mesmo que longe, mas que permanecesse. E que eu tivesse um cantinho aí também, mas sem distâncias. Queria ficar por perto." 
É bem verdade que só de dá valor quando se perde, eu sei disso muito bem agora. Perdi uma das coisas mais valiosas. Eu só queria que soubesse. 
Hoje visitei a universidade e uns amigos e o assunto era o mesmo. Cortei o cabelo e nada mudou. Peguei o mesmo ônibus com quem não queria me ver. Desci na parada que eu não queria descer e ainda assim nada mudou. Eu queria dizer que nada mudou em relação a outra coisa, mas eu fiz com que mudasse. Acho que precisando comprar livros novos, afinal, os dias vão ser mesmo longos.
Eu não queria que você tivesse derrubado lágrima nenhuma, queria que soubesse. Queria eu ter dito o que uma escritora escreveu: "Me beija pela última vez. Pra eu poder levar o teu gosto comigo. Pra ter o que recordar. Sei que tudo acabou, mas eu queria te beijar mais uma vez. Preciso te sentir mais um instante. Te tocar. Te amar. Pra deixar aquela saudade. Pra te deixar com vontade. Vontade de deixar meu gosto contigo. [...] Mas me beija e sai correndo. Vai embora logo." 

Porque eu não te mereço mais.



segunda-feira, 8 de outubro de 2012





Eu queria tanto te mandar uma mensagem, mas não tenho cara e nem direito. Queria tanto te ligar e ouvir tua voz dizendo rápido "Oi, meu bem". Queria tanto não ter feito o que fiz. Queria tanto ter visto de longe o futuro. Queria tanto que você me perdoasse. Cada vez que o alerta de mensagem do celular toca, eu penso que é você...querendo conversar, me deixando explicar o que não tem explicação, me perdoando do que não tem perdão.



domingo, 7 de outubro de 2012




Eu não soube andar de mãos dadas.



quinta-feira, 4 de outubro de 2012





Eu espero não te machucar,
eu espero que teu coração novo posso amar sem envelhecer, 
 .                 .                  .                  .        sem cansar.



quarta-feira, 3 de outubro de 2012





Meu mundo tá parado e você nem reparou.



terça-feira, 2 de outubro de 2012



Sempre fica a dúvida do futuro no ar. 
Em cada fim. 
Em cada despedida.

E o que será que vai acontecer?



segunda-feira, 3 de setembro de 2012



As coisas perdem o sentido, mas não o significado. 
E você significou tanto pra mim...


domingo, 2 de setembro de 2012



Eu não tenho paciência de esperar o tempo passar.


terça-feira, 28 de agosto de 2012



O choro sai mais rápido quando a gente está na horizontal.



quinta-feira, 16 de agosto de 2012




Desligando o botão do sentimentalismo.



terça-feira, 7 de agosto de 2012



Te chamei pra sentir o cheiro do perfume que você mais gosta.


sábado, 4 de agosto de 2012





Por favor, seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida seja vida, pra que não seja morte.


quinta-feira, 2 de agosto de 2012




Nessa vida vale tudo, menos sofrer.


segunda-feira, 9 de julho de 2012




Que falta eu estou sentindo de mim esses dias. De mim quando ficava com você. De você conversando comigo. De você. De mim. De tudo. De um passado. Eu sinto saudade, porque sei que estou te apagando aos poucos, te esquecendo. E o que eu menos queria era te tirar da minha vida. 
Queria te contar do pesadelo que tive e o que ele me fez sentir. Do cheiro de morte e da incerteza do futuro. Tinha de tudo, todas as sensações ruins até você deitar no meu colo, mas agora isso só acontece nos pesadelos e sonhos.
Não sei o que estão reservando pra mim, mas queria muito que você tivesse um cantinho nele, mesmo que longe, mas que permanecesse. E que eu tivesse um cantinho aí também, mas sem distâncias. Queria ficar por perto.
Tudo na vida é questão de sentir e nada faz sentido nessa vida.





terça-feira, 3 de julho de 2012




Se me apaixono por músicas, o que será que sinto por você?




quarta-feira, 27 de junho de 2012

Meu caminho torto



Fico olhando pro final de uma rua pra ver se você surge repentinamente, e enquanto minha vontade não se realiza, não tenho mais que dois olhos que me façam perceber que você tomou um caminho diferente e que está fugindo de mim.



quarta-feira, 20 de junho de 2012




Tô me sentindo a pessoa mais suja do mundo 
e não sei se só com banho toda essa imundice sai.
é como se acreditar fosse pecado,
confiar fosse errado
e amar fosse uma sentença de morte.




Marcha das Vadias




Quem me conhece, me respeita.
Se não me respeita, não me conhece.



terça-feira, 19 de junho de 2012



Dei pra engolir palavras, desaforo e calúnias agora.



sábado, 16 de junho de 2012

-


(...) Sua camisa até já mudou de cor (...)
é tão bom ter você como amigo
E eu só penso em te dizer o quanto eu quis fazer uma canção pra você
(...)

'Pra você se acostumar'

domingo, 10 de junho de 2012

Esse teu compor.



O quanto eu quis que você fosse uma canção,
O quanto eu quis que você fosse uma canção só minha,
de conhecimento só meu,
O quanto eu quis 
. . . te tocar, 
. . . te cantar,
. . . te dedilhar no meu violão, 

O quanto eu quis que você me cantasse
três ou quatro estrofes
e que não fossem bobagens
e nem da boca pra fora;

O quanto eu quis cantar contigo, 
unir meu agudo ao teu grave, 
cantar à capela ou acompanhados
(de um ou dois instrumentos)
. . . e só.



sábado, 9 de junho de 2012



Tem que se arriscar enquanto viver, senão vai ser vida jogada fora.


sexta-feira, 8 de junho de 2012




Procuro por um solo fértil. 
Daqueles que tenham um bom futuro e prosperidade.
Onde é que a gente planta e cultiva bons amigos?




quarta-feira, 6 de junho de 2012

-




João de Barro, eu te entendo agora, por favor me ensine como guardar meu amor






Se eu pudesse voltar atrás, só pra evitar esse sofrimento que eu invento sentir, evitaria muita coisa. O mundo precisa de mais reciprocidade, em todos os sentidos. Reciprocidade dos sentimentos bons e verdadeiros. Menos desamor, por favor. Menos 'amar sozinho'.



domingo, 3 de junho de 2012

-



Amor, existe tanto pra gente
Por que será que você
Não quer saber o que eu tenho pra te dar?


sexta-feira, 25 de maio de 2012




Me tire tudo, menos o sono, por favor.


quinta-feira, 17 de maio de 2012




Tento me ocupar as 24 horas do dia pra ver se em algum minuto eu esqueço o que eu inventei de sentir por você.





Mesmo querendo a tua felicidade, eu não consigo te ver feliz sem mim...



quarta-feira, 16 de maio de 2012





Perdoa, coração, por tanto sofrimento.
Você merece aumento de salário, retroativo e 13º...



sábado, 12 de maio de 2012


...

Te apresentei um mundo meu do qual você quer se apossar.

...

Você tem que aprender a não depender de mim. 

...

Me diz o que eu quero escutar, o que sem querer, todo dia, eu imagino saindo da tua boca.
 ...
 
Esse maio tava bonito, mesmo nós dois sozinhos, mas veio a tristeza nos acompanhar.
  
 ...




Saudade mata, viu? E eu estou morrendo aos poucos e bem que essa morte podia ser natural pra facilitar as dores. Assassinato é um crime abusurdo. Você matou qualquer possibilidade de amor.



terça-feira, 8 de maio de 2012



Tudo que vira ontem deixa um pouco de saudade.


sexta-feira, 4 de maio de 2012


Querido diário,

Eu tô numa felicidade sem motivo, sem razão, mesmo me acontecendo tudo isso, mesmo me humilhando por uma possibilidade que nunca vai existir. Eu não tô entendendo o porque dela, mas tô aceitando e quero que ela dure. Uma alegriazinha tímida dentro de um coração bobo. Tô tentando fixar na cabeça as metas que tenho, tô tentando depositar todo dia um sorriso no rosto, tô tentando todo dia extrair uma tristeza do coração. Eu tô tentando e isso que importa. E tô desistindo de um monte de coisas que eu já devia ter desistido. Mas tudo bem, tudo tem o seu tempo. E ainda bem que eu tô mais crente, mais crente de que toda dor diminui, que a felicidade pode ser prorrogada e de que futuramente flores podem ser colhidas.



terça-feira, 1 de maio de 2012

          


Cansei de brincar,
ninguém me serve, também não sirvo
cartas na mesa.




quarta-feira, 25 de abril de 2012


      
Mais um peixe nesse mar,
mais alguém a navegar nessa vida a fora
Quantas ondas a atravessar? 
Quantos céus a discernir?
Quantas vidas a colorir? 


domingo, 22 de abril de 2012

 
O mundo gira, gira, tira tudo do lugar, gira, gira, põe cada um no lugar que merece.
Áh, o universo. . .

quinta-feira, 19 de abril de 2012

       
           
Como eu queria voltar no tempo pra evitar tanta coisa, 
tantos encontros e desencontros.
                              Evitar ter, evitar perder. 
                                                     Evitar sentir falta.  
                                                                        Evitar se arrepender.
                                                                                              Evitar . . .
    


terça-feira, 17 de abril de 2012




Saudade só é um sentimento bonito quando não nos faz sofrer.



domingo, 15 de abril de 2012

... 

Escrevo pra ti. O outro lado. O que interpreta. O que observa os erros e acertos, de longe.

... 

Estudar os verbos : amar, sofrer, perdoar, esquecer. Em todas as conjugações.

...

Dizer 'eu te amo' nem sempre é a melhor saída, só demonstra o quão você está perdido.Ouvir 'eu te amo' nem sempre é o que se quer ouvir, só mostra o quão você está distraído.

...

quarta-feira, 11 de abril de 2012


A gente se esqueceu mesmo.
  a gente se esqueceu, mas eu não me esqueço de ti.
 

terça-feira, 10 de abril de 2012




Mas não se dê por vencido, que nesse mundo - dizem - nada está perdido.
acorda, levanta e vai até onde aguentar
tenta, sonha, tenta realizar, tenta, não muda, tenta não mudar
Viva o ideal. Viva sua vida.


quinta-feira, 5 de abril de 2012




Querido diário,

Tenho tentado me manter sã e sóbria. Do corpo, da mente e do coração. Confesso que os dias estão indo difíceis, devagar. Procuro sempre me ocupar, mas mudo o foco e tento encontrar um culpado. Tudo meio confuso, tudo inteiramente perdido. O que eu tanto busco? Quais palavras quero dizer? Quais palavras quero ouvir? Afinal, procurando o que?


quarta-feira, 4 de abril de 2012


. . .
Eu conto os dias que passaram, eu lembro das datas quase sempre, exatas. Porque meu tempo com você é sempre escasso, finito. E um dia, não muito longe, será sem repetição (Aliás, nunca mais vai se repetir).

 . . . 

Qualquer palavra me caia, qualquer frase me brote, qualquer pensamento que me faça esquecer por um segundo (você).

. . . 

Águas que me façam flutuar, não mais afundar, mas que me levem pra longe.

. . .


terça-feira, 3 de abril de 2012




- Gosto de ti porque tu sabe tocar todas as músicas do meu repertório.

- Gosto de ti porque da tua boca sai poesia.


sábado, 31 de março de 2012




Perdoa esse pobre coração que só ama errado
perdoa esse pobre coração que aprendeu a viver, mesmo magoado
perdoa as mágoas, os rancores
perdoa o modo de agir de quem lutou e sentiu dores.
   

  

Um abraço pode dizer muito, deve ser por isso que você não me dar nenhum.

    

 

sexta-feira, 30 de março de 2012

-



'Sei que você gosta de brincar de amores,
mas, oh! Comigo não!'


terça-feira, 27 de março de 2012



Eu nunca mudei por causa de outra pessoa, mudei por minha causa mesmo. E talvez, no fundo, eu nem tenha mudado.


segunda-feira, 26 de março de 2012

-

 

 Eu procuro um amor
Que ainda não encontrei
Diferente de todos que amei...
[...]
Procuro um amor
Que seja bom prá mim
Vou procurar
Eu vou até o fim... ♫

terça-feira, 20 de março de 2012

    

Que falta me faz não ter um mar, um rio ou qualquer água pra navegar. Sou um peixe sem lar.

  

segunda-feira, 19 de março de 2012

. . .

Ah, que saudade de tudo aquilo que nunca senti.

. . .

sábado, 17 de março de 2012

 

O que os olhos não vêem, 
barriga nenhuma sofre congelamento, 
pernas não tremem, 
coração não acelera até se ferir.

  
 

quarta-feira, 14 de março de 2012



Minha saudade de você oscila que nem a chuva que cai do céu dessa cidade, mas quando finalmente vem...destrói, derruba. Quando a neblina te esconde, o desespero só aumenta.



 

Querido diário, 

Na madrugada passada fui consumida pela insônia e quando finalmente durmo, sono de poucas horas, acordo ainda mais cansada. E o mundo lá fora não para, só eu que paro acordada olhando pro nada, esperando dormir.  

      

-


'. . .Mas eu sei que alguma coisa aconteceu, 'tá' tudo assim tão diferente. . . '

quinta-feira, 8 de março de 2012



Querido diário, 

Hoje me bateu uma vontade danada de sair correndo pela rua, de nadar quilômetros no mar, de me ocupar de qualquer coisa. Perder energia, sabe? Ocupar os espaços com qualquer coisa, porque sempre tem a falta de alguma coisa ou de alguém aqui dentro.
  




Tenho que ser forte quando estiver por perto 
e
 mais forte ainda quando estiver longe.



segunda-feira, 5 de março de 2012

-

Diante das circunstâncias. . .



('Eu te devoro - Djavan', interpretação de Luiza Possi)

  

domingo, 4 de março de 2012


  
 
Entre o não e o sim, prefiro a mim.

  

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012



Quando é que você vai parar e estacionar? Tem uma vaga aqui só sua. Quando é que vai finalmente resolver ficar? Ficar e não mais ir embora. Quando é que você vai deixar de ser uma ilusão? Pare de mentir a razão da tua existência. Quando vai parar de sucumbir? Pare de se esconder. Quando você vai deixar de ser momentânea, passageira? Pare de fugir.

Ah, felicidade, quando vai responder todas as minhas perguntas e resolver ficar?


sábado, 25 de fevereiro de 2012




Hoje toda a carência do mundo veio se depositar em mim.




    
'Quando a gente adoece de um resfriado, perde o gosto de sentir o gosto das coisas.
Quando a gente adoece do coração sente todas as coisas, principalmente, a falta.

 




E mesmo cansada de esperar. . .
. . . eu ainda te espero.

  
 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

-



Devo estar errado quando penso em nós dois
Quando faço planos, e deixo tudo pra depois
Devo estar apaixonado por não conseguir fugir
 [...]
Então diz pra mim
O que tanto te faz pensar
O que te impede de se entregar
   






Vou sentir falta de cada beijo, 
de cada carinho,
da ponta do teu nariz nas minhas costas,
da tua respiração perto da minha,
vou sentir falta do que me acostumei
Vou sentir falta.
   
   
  

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012



Vamos acabar com tamanha brincadeira
vamos nos deixar em paz
brinque, pule e borde na rua
longe de mim nos carnavais.



-

                                                     


Se houver gostar suficiente, vai dar certo.


  

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012




Desde 1991 querendo morrer.
  


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

-





Esta chuva ingrata que não vai parar pra aliviar a minha dor 
    

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012




As pessoas se perdem uma das outras, vezenquando, quase sempre.
Não sei mais quem é você faz tempo.
   

 

domingo, 12 de fevereiro de 2012



Tenho sorte de ter quem eu tenho.
Tenho a má sorte de não ter quem eu quero.
   

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

-

     
Será que eu tenho um colo pra me apoiar? Deitar a cabeça? Esconder as lágrimas? Um ombro amigo pra me consolar?  Aquele alguém que faz com que você coloque pra fora tudo que fica entalado pra te libertar? Será que algum dia - mesmo em um futuro muito distante - vamos escutar os conselhos que nos dão? Conselhos dos amigos e principalmente dos desconhecidos.
Todo dia eu perco alguém. Todo dia eu perco alguém que eu considero por algum motivo. Nunca tive a posse de nenhum. Todo o mundo vem, mas ele não fica. Todo mundo tenta ser um fruto maduro, mas quase sempre nem se quer são de vez. São verdes, duros e muitas das vezes pequenos. Frutos que machucam. Todo mundo tenta ser liberto do mundo, dos sentimentos, mas nem todos fingem tão bem. Todo mundo olha pro lado a toda hora, a todo momento, mas nunca pra quem tá na sua frente. 
Não há necessidade de entrar no mar e pescar mais de um peixe.
O mundo não dá valor ao valor que recebe.

No fim, eu só desejo amor. Sem clichê.
    

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012




E eu que pensei que guardava bem os meus tesouros, em um lugar pequeno e aconchegante. 
E a cada dia que passa vejo um a um se perder. De mim. E o lugar fica a cada dia menor. 
Dessa vida não se leva nada. 


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

-



Agora posso ir e não olhar pra trás, passado tudo aquilo que se desfaz (...) Quem feriu meu coração fui eu, mais ninguém

domingo, 29 de janeiro de 2012



A vida dá mesmo muitas voltas. Destino existe? O acaso, talvez? A ladainha de o que for pra ser será? Tantas pessoas passam nas nossas vidas. Tantas pessoas passaram na minha vida. Umas chegam e ficam. Outras chegam e vão pra nunca mais. Cada uma deixando um pedacinho ou uma grande parte dela. Cada uma levando um pedacinho nosso ou uma grande parte. Cada uma deixando lembranças boas ou nada de bom pra lembrar.
    

  

-



O que me importa...

sábado, 28 de janeiro de 2012

-

                                                      



Eu nado em um oceano particular.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012




'Céu' coração abrindo pra chuva passar.


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

 

Ah, o tempo passou voando, enquanto eu sorria.


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

-

Quem diria por nós, senão a música.


Melhor interpretação: Cássia Eller
(Socorro - Arnaldo Antunes)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

-



('Codinome beija-flor' - Cazuza)

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012








Se é que algum dia eu já tive.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Pra você, desconhecido

                                      


A importância de alguém (na minha vida) não se mede com fita métrica, 
nem se pesa em balanças.
A ausência se sente até não ser mais sentida.
A presença é resultada em olhares, sorrisos, 
abraços, conversas e confidências.

A importância de ser presente e não se tornar um ninguém.





Dor no coração? Taquicardia? Frio na barriga? Isso é pouco. 
O que eu sinto quando escuto o teu nome ainda não tem definição.


sábado, 7 de janeiro de 2012




'...nesse mundo que ninguém se encara nos olhos.'


terça-feira, 3 de janeiro de 2012




'As promessas que faço pra mim, são as que menos cumpro.'


segunda-feira, 2 de janeiro de 2012




'Queria desaprender a voar, mas é que nem andar de bicicleta.'