Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

terça-feira, 3 de agosto de 2010

O mundo é um moinho

Quando se é pequeno no tamanho e na experiência, os obstáculos parecem ser bem maiores, imensos, intensos, infinito. Nós nascemos sem pedir, sem saber. Crescemos nesse mundo sem ter a certeza do que virá. Nos alimentamos pra sobreviver. Amamos pra sofrer. Opções aparecem, oportunidades surgem. Escolhas são feitas, conseqüências são aceitas. Perguntas atormentam, respostas pacificam. E as certezas? E as certezas? Ninguém tem certeza de nada.

Quando crianças, a profissão dos nossos sonhos são sempre as mesmas: médicos veterinários, astronautas ou bailarinas. Mas depois você tem que decidir o que vai ser pelo resto da sua vida. Sua opinião nem sempre vai ser a mesma. Futuramente, quem sabe você vai estar em dúvida entre Serviço Social, Jornalismo e Engenharia Agronômica. E as certezas? E as certezas? Eu não tenho certeza de nada.

Tenho alguns poucos anos na bagagem e vivo de amor profundo. Pobre coração vagabundo. Que bate, bate por bater e não sabe o por quê. Não adianta de nada aqueles textos ensaiados e ações pré-simuladas, diante de você tudo é omitido. E as certezas? E as certezas? Nunca tive certezas sobre você.



Um comentário:

  1. Acho que as melhores pessoas, e coisas da vida, vem mesmo se a genter ter certeza de coisa alguma! É isso que nos faz correr atrás do bom, e do belo - sempre.
    Beijocas, girl

    ResponderExcluir