Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Insônia



Minhas noites de sono sempre foram calmas. Eu dormia rodeada de gente, agora passo as noites sozinha. Mas de uns tempos pra cá, a insônia veio me fazer companhia.
Todo mundo tem medos. Eu, particularmente, tenho medo da morte, mesmo ela podendo ser uma solução muitas das vezes.
Há algumas noites atrás, tenho tido sensações estranhas antes de fechar os olhos e dormir. Tenho aquela sensação fria de ter algo me prendendo a cama, me segurando, me impedindo de falar, gritar ou abrir os olhos e isso tudo acordada. Depois da sensação ruim passar, abro os olhos, levanto, ligo a luz e rezo. Eu acredito em coisas do outro mundo, às vezes. Mas acredito mais ainda nas energias ruins e não faço questão de possuí-las. Tenho minha fé e tudo que mais desejo para mim e para os outros é paz, principalmente, do espírito. Continuo acordada, a essa altura o sono já tem ido dá uma volta no quarteirão, me dá então tempo de pensar na vida, o que por sinal tira mais ainda o sono. Ainda mais a minha vida tão sem decisão. Pensar na dúvida e ficar remoendo ela não me agrada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário