Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

sábado, 20 de novembro de 2010

De pés nos chão


O pouco que eu estou escrevendo não está fazendo sentido nenhum.  Eu queria não sentir nada agora, como há um curto tempo atrás. Sei lá, a minha imaginação é tão criativa, que eu sempre acredito nela. Ela tem vida própria. Engana o coração e a razão. Eu queria viajar. O ar dessa cidade anda muito pesado. Os pensamentos brotam todos errados. E a gente nem sequer pára pra pensar nas besteiras que a gente anda fazendo, nas escolhas erradas que fizemos. Eu preciso colorir a minha vida que anda preta e branca demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário