Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

'

Não tem coisa melhor do que ter uma terapia ou mania que te faça bem. Que te faça se sentir melhor. Que te tire os pensamentos que te acompanham sempre, aqueles ruins. Aquelas conversas que deixaram de acontecer, aquele problema que tanto te tira o sono.

Eu deito na rede pra escutar músicas, sejam elas aquelas que me fazem lembrar alguém ou não. Algumas de histórias bonitas, outras de histórias tristes, que acho mais bonitas ainda. Fico balançando de lá pra cá, de cá pra lá na melodia, no balanço e às vezes, em pensamento nenhum.

Pego o ônibus que tem o percurso mais longo. Procuro sentar no lugar do lado da janela, pouco me importa o sol no rosto, caso o tenha. Penso em nada. Às vezes, leio um livro enquanto o ônibus insiste em pular e desviar dos buracos na rapidez do seu condutor. Quando desço, os pensamentos voltam. 

Escrevo quando por alguma necessidade eu preciso colocar na cabeça o que não consigo ter na ação, de imediato. Fico teimando com as palavras até elas me vencerem na aposta pra ver quem tem mais razão. Absorver o que escrevi, as frases feitas e sentidas com sentido são os melhores conselhos.

'

Nenhum comentário:

Postar um comentário