Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

quarta-feira, 1 de junho de 2011


É como dizem: O mundo é como uma peça de teatro. Ao vivo. Ensaiada ou não. Onde não se pode cometer erros na apresentação. E se houver erro, que seja disfarçado na improvisação. Seja monólogo, diálogo ou uma discussão. O Ator principal vai ao centro do palco e todos os olhares, críticas e atenção se dirigirão pra ele, que a essa hora vai estar com as mãos suando, o texto que estava na ponta da língua escorregando, seus olhos - que se disfarçam - ainda assim, inquietos. Olhos que enxergam só no ponto cego. Nome: Ator. Função: criar, interpretar, representar, emocionar, ensinar. Mas pra quem? A platéia tampouco importa se consigo o ator estiver bem. Bem disposto e crente de que ali é realmente o seu lugar, o seu trabalho, a sua arte e o seu texto. Se dono de tudo isso, a platéia é qualquer um. E o Ator vai representar uma criação que ensine e emocione. Sem mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário