Reticências

marcam uma suspensão da frase, muitas vezes a elementos de natureza emocional. Indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite a omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é. (...)

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Abre aspas, fecha aspas

"Eu gosto que falem de mim, escrevam pra mim e me descrevam. Eu ainda não me conheço bem."
                  (Jéssica de Oliveira)


As palavras abaixo são frutos alheios.

Hoje eu tive vontade de escrever novamente sobre você ;  talvez eu não seja boa com as palavras, acordei um pouco "bemol" um tanto estranho, eu sei. Vamos lá...
Eu não entendia bem quando você me chamava de Lorena ( eu sei, é meu nome ) mas eu era tão acostumada a me chamarem por apelidos, que até esqueci meu nome.  Mais daí percebi que era o que me deixava feliz, era você dizer meu nome todo, sem piadinhas, sem frescurinhas,  sem.  Você me faz perceber que eu sou boba quando exagero . O jeito como você coloca as sombras nos olhos quando sai de casa, seja lá para onde for...Sempre gostei da tua mão pôdi e do jeito que tu procurou meu ombro pra apoiar tua cabeça e eu, acabava cheirando teus cabelos sempre tão bem cheirosos. E o que eu sei fazer melhor é gostar de você .

Lorena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário